Com forte discurso político e social, Maciel Salú lança seu quinto disco solo

Em “Liberdade”, artista une a força de suas letras, sua voz potente e musicalidade cada vez mais contemporânea. Show de lançamento acontece no dia 25/03, no Teatro de Santa Isabel, e terá participação especial da cantora carioca Juçara Marçal

O compositor, cantor e rabequeiro Maciel Salú lança seu quinto álbum solo com show no dia 25/03 (domingo), às 19h, no Teatro de Santa Isabel, no Recife. Intitulado “Liberdade”, o CD traz a união de letras com forte discurso político e social, sua voz potente e uma musicalidade cada vez mais contemporânea. Nas 10 músicas autorais, os ritmos são dos mais variados e os temas giram em torno de assuntos como preconceito, racismo, religiosidade, democracia e violência. Tudo isso acompanhado da sua rabeca, que não se rende ao rótulo de instrumento da cultura popular, trazendo uma sonoridade única ao ser experimentada com cordas e pedais de guitarra. A apresentação terá a participação especial da cantora carioca Juçara Marçal, vocalista da banda Metá Metá, que também canta no disco. Os ingressos custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada) e estão disponíveis no link bit.ly/Maciel-Salu-Ingressos ou na bilheteria do teatro.

Com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), “Liberdade” é uma construção da maturidade, profissionalismo e visão de mundo de Maciel Salú. O álbum promove um passeio sonoro sobre temas nada fáceis, mas atuais e relevantes. “Liberdade, com respeito e responsabilidade, é algo que deve ser direito de todo o ser humano. É isso que trago neste disco. É também ter liberdade de falar o que é preciso, de gravar o que eu quero, do jeito que eu acho necessário, sem ninguém para impor limites. Mas é um valor que deveria pertencer à vida de todos”, explica o artista.

O disco já começa por um caminho de debate político e social em “Labirinto”, em que Maciel extrai poesia das guerras e da violência espalhadas pelo mundo. “Eu já viajei muito por conta do meu trabalho. Por isso, já vi muitas realidades, tanto aqui no Brasil, como no Senegal, Estados Unidos e em alguns países da Europa. Então, trago essa vivência da estrada e do que chega até a gente através das notícias e dos livros. Na música, digo para cruzar as fronteiras, mas isso também é em relação à desigualdade social, ao sofrimento, aos conflitos raciais, guerras e bombardeios. É deixar tudo isso para trás”, revela.

“Ninguém nasce com ódio / Nem com religião / Nasce com livre arbítrio / Em qualquer nação / Nem nasce com maldade / E também sem rancor / A vida vai crescendo / Aprende o amor”. Assim começa a música “Liberdade”. Mesmo trazendo um assunto tão espinhoso, a narrativa desenvolvida por Maciel surpreende pelo encontro entre a força do discurso e uma melodia delicada e, ao mesmo tempo, potente, com destaque para os sons da rabeca e da bateria.

Em “Maracatu Sem Lei”, Maciel revisita o episódio das proibições da realização das sambadas de maracatu até o dia amanhecer, que é algo inerente ao folguedo, no ano de 2014. “Tivemos que buscar o Ministério Público para reverter a situação. A música é sobre essa luta e já vem fazendo parte do meu repertório de shows há algum tempo. Agora, entrou no disco”, revela.

A religiosidade também é abordada em “Liberdade”. Maciel traz o tema mais fortemente nas músicas “Jurema” e “Mãe do Mar”, que conta com a participação especial da cantora carioca Juçara Marçal. “Eu já conhecia o trabalho de Juçara e resolvi convidá-la para o disco. A música tem tudo a ver com a voz dela, com o trabalho dela. A presença de Juçara só fez engrandecer essa música em homenagem à Iemanjá, que também já fazia parte no meu repertório nos shows”, conta.

Outra participação especial no disco é a de Lira, que incorporou uma poesia à música “Realidade”. A letra fala sobre líderes negros que lutaram pela igualdade social e pela paz, como Mandela e Bob Marley. “Lira é um amigão e parceiro de outros trabalhos, como algumas trilhas sonoras. O seu poema e a sua voz enriqueceram ainda mais o discurso contra a desigualdade, o racismo e a violência, em um chamado para as pessoas acordarem para o que acontece no mundo em sua volta”, explica.

Já o lado mais leve do disco está em “Luiza” e “Flor de Gardênia”. A primeira música homenageia a neta mais velha de Maciel. Na segunda, o artista canta o amor por sua esposa. Para a alegria dos fãs, o rabequeiro regravou um de seus primeiros sucessos, “Machadeiro”, música dos tempos em que fazia parte da banda Chão e Chinelo. Fechando o disco, Maciel leva em conta mais uma vez a sua versatilidade com o frevo “Chegou Pereira”, que deixa qualquer um com um gostinho de quero mais.

Serviço:
Lançamento de “Liberdade”, novo álbum de Maciel Salú
Quando: 25/03/18 (domingo), 19h
Onde: Teatro de Santa Isabel, Recife-PE
Ingresso promocional: R$ 20,00 (+ R$ 2,00 taxa), apenas no link bit.ly/Maciel-Salu-Ingressos, até o dia 16/03/18
Ingresso no Sympla: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (estudantes, professores e +60 anos) no link bit.ly/Maciel-Salu-Ingressos, até 24/03/18
Ingresso no Santa Isabel: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (estudantes, professores e +60 anos), a partir do dia 13/03/18, de terça-feira a domingo das 9h às 12h, e das 13h às 17h
Informações: grao.pe@gmail.com | macielsalu.com.br

FICHA TÉCNICA
“Liberdade” (2018)
Direção musical: Maciel Salú
Produção musical: Hugo Linns
Produção executiva: Rute Pajeú | Grão – Comunicação e Cultura
Arranjos: Emerson Santana, Joana Melo, José Mário, Maciel Salú, Raphael Beltrão, Rogério Victor e Sammy Barros
Arranjo de guitarra de “Mãe do Mar”: Rodrigo Samico e Sammy Barros
Técnico de gravação e mixagem: Paulo Umbelino
Roadie: Carlos Ribeiro
Participações especiais: Juçara Marçal e Lira
Estúdio de pré-produção: Skill (PE)
Estúdio de gravação e mixagem: Fábrica Estúdios (PE)
Masterização: AWR Studio (USA)
Projeto gráfico: Mazinho Constantino
Impressão: FacForm Impressos
Fotografia: Fred Jordão
Comunicação: Feed Comunicação
Incentivo: Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura de Pernambuco e Governo de Pernambuco


INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Feed Comunicação
Dulce Reis: feedcomunicacao.pe@gmail.com ou (81) 98853-3083
Fotos em alta resolução: http://bit.ly/Maciel-Salu-FOTOS-2018 (Crédito: Fred Jordão)
Biografia: http://bit.ly/Maciel-Salu-Biografia

Anúncios

Uma consideração sobre “Com forte discurso político e social, Maciel Salú lança seu quinto disco solo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.